11 maio 2012

MAIS UM RETROCESSO NA SAÚDE BRASILEIRA À VISTA!


Senhores leitores, é com um imenso pesar que venho comunicar a mais nova resolução aprovada pelo congresso nacional. Trata-se da permissão para comercialização de medicamentos isentos de prescrição, ou seja, aqueles sem tarja vermelha ou preta, em supermercados, mercadinhos, bodegas etc... A resolução aguarda a sanção da presidenta Dilma para entrar em vigor e deixar a saúde Brasileira mais calamitosa que já está. Onde ficam as Boas Práticas Farmacêuticas para o controle sanitário do funcionamento, da dispensação e da comercialização de medicamentos? Uma medida como esta só contribui para casos de automedicação, "empurroterapia", alem de aumentar o número de casos de internamento por intoxicação medicamentosa, trazendo um custo maior para o Estado e um risco maior a população, pois "medicamentozinhos sem tarja", como tratou um senador podem vir a causar diversos malefícios ao paciente, inclusive óbitos.
Portanto, vamos ajudar a presidenta Dilma a pensar melhor e vetar essa medida, mandando e-mails para o endereço cp27.2012@anvisa.gov.br. , dizendo não a essa barbárie que estamos prestes a presenciar.

Por: Thiago Oliveira

07 abril 2012

SEGUNDO SECRETARIA DE SAÚDE, TRÊS MUNICÍPIOS DO SERIDÓ APRESENTAM ALTA INCIDÊNCIA DE DENGUE

A secretaria estadual da Saúde Pública (Sesap), por meio do Programa Estadual de Controle da Dengue (PECD), divulgou nova planilha de dados sobre o panorama da doença no Rio Grande do Norte. Os dados informam que até o dia 24 de março de 2012, o Rio Grande do Norte contabilizou 4.170 casos notificados de dengue. Deste total, 630 já tiveram diagnóstico confirmado.

Dos 17 óbitos considerados suspeitos, quatro tiveram diagnóstico descartado, um teve diagnóstico confirmado como caso de dengue e os demais estão com diagnóstico pendente, aguardando os resultados dos exames.

Atualmente os municípios norte-rio-grandenses que apresentam alta incidência da doença são: Assu, Alto do Rodrigues, Campo Grande, Messias Targino, Pendência, Caiçara do Norte, Galinhos, Guamaré, Pedro Avelino, Jardim do Seridó, Parelhas, Santana do Seridó, Alexandria, Lucrécia, Luis Gomes, Olho D’Água dos Borges, Patu, Umarizal e Viçosa. “È importante lembrar que a incidência é um dado acumulativo ao longo do ano, e que considera não apenas o número absoluto de casos, mas também é proporcional à população do município”, ressalta a Coordenadora do PECD, Kristiane Fialho.

TRANSPOSIÇÃO DO SÃO FRANCISCO: MANOBRA PARA GANHAR MAIS E FAZER MENOS

A explosão no custo da transposição do Rio São Francisco, maior obra pública em execução no Brasil com expectativa de beneficiar 12 milhões de pessoas, que nos últimos cinco anos passou de R$ 4,6 bilhões para R$ 8,18 bilhões (77,8% a mais), expõe um acordo para atender demanda das empreiteiras. Realizados a toque de caixa e com baixo detalhamento técnico, em razão da promessa oficial de inaugurar o Eixo Leste no último ano do governo Lula para fortalecer a candidatura Dilma Rousseff, os projetos executivos foram mal elaborados.

No início das obras, as empresas pressionaram o governo para assinaturas de contratos aditivos milionários acima de 25% do valor original, teto permitido pela legislação. Em alguns lotes, de acordo com dados repassados pelo próprio Ministério da Integração Nacional no ano passado, os novos valores precisavam ser aumentados em até 60%. O governo federal resolveu respeitar o limite legal. No entanto, para evitar um desgaste ainda maior com os recorrentes atrasos, usou o mecanismo do chamado aditivo supressivo. O ministério retirou das construtoras algumas obrigações contratuais. Com o drible sutil, a conta fechou. É bem simples. Mais dinheiro, com o aumento de 25% em relação ao contrato inicial, e menos trabalho.

DIA MUNDIAL DA SAÚDE É DEDICADO AOS IDOSOS

Celebrado neste sábado, 07 de abril, o Dia Mundial da Saúde será dedicado aos idosos. Estima-se que, em 2050, 400 milhões de homens e mulheres terão mais de 80 anos, número muito superior aos 14 milhões que compunham a população nesta faixa-etária na década de 1950. Resultado dos avanços da medicina e do desenvolvimento de diversas nações, o aumento da expectativa de vida é motivo de comemoração, mas, ao mesmo tempo, também desparta preocupação. Isto porque a queda da taxa de natalidade verificada atualmente fará com que, em pouco tempo, a quantidade de idosos supere a de crianças com menos de 5 anos. E, para a Organização Mundial de Saúde (OMS), a sociedade não está preparada.

Segundo relatório divulgado nos últimos dias,os chamados países pobres e em desenvolvimento são os que estão passando por este "processo de envelhecimento" mais rapidamente. No Brasil, na China e na Tailândia, por exemplo, a porcentagem de indivíduos com 65 anos ou mais subiu de 7% para 14% em apenas duas décadas. Na França, o mesmo crescimento levou 100 anos para ser registrado.

"As pessoas com idade avançada dos países de baixas e médias economias têm hoje um risco quatro vezes maior de morte e incapacidade por doenças não transmissíveis do que as populações dos países ricos", alerta a diretora-geral da OMS, Margaret Chan.

Deste modo, a entidade tem como objetivo implementar uma política para incentivar, desde a infância, a prática de exercícios físicos, alimentação saudável e o não-consumo de álcool e cigarros, e a realização de exames médicos preventivos. Acredita-se que, assim, os riscos de problemas crônicos seriam sensivelmente diminuídos, possibilitando que a população mais velha participe de forma mais intensa na sociedade.

"Quando um homem de 100 anos termina uma maratona, como ocorreu no ano passado, temos que reconsiderar as definições convencionais de que significa ser velho. Já não se sustentam os estereótipos de séculos passados", conclui Margaret.
Jornal do Brasil

JUSTIÇA PRECISA EM NOME DA LEI E EM DEFESA DO POVO, PUNIR A DESENFREADA ALIENAÇÃO DAS GESTÕES ABUSIVAS QUE SE SUCEDEM


EDITORIAL
A gestão da prefeitura de Natal, tem sido alvo das críticas de toda uma sociedade organizada, quer através da mídia falada, escrita ou televisada, quer por parlamentares, pela classe empresarial, pela observação que temos ao ver o MP no ajuizamento de tantas causas nos mais diversos setores dessa gestão, muitas vezes sem os devidos cumprimentos da Lei, críticas feitas principalmente por uma sociedade que pelo gemido da dor, já não suporta mais o descabido desrespeito de uma gestão que massacra e oprime principalmente aos desfavorecidos de terem uma vida mais digna junto a sua família.
Sempre que falo em Natal, me refiro a cidade provinciana, pois é exatamente a cidade que vivemos e sofremos o dia a dia. Uma cidade que repito, ao longo dos últimos trinta anos não recebeu nenhuma estruturação de mobilidade urbana, que servisse como base no crescimento populacional e urbanístico.
Tudo que tem sido feito em Natal, não tem passado de extremas gambiarras, uma espécie de tapa buracos sem a menor preocupação com as futuras gerações. Tem sido assim em todas as gestões que por aqui passaram.
Natal é uma cidade sem nenhuma estrutura para garantir um bem estar social e econômico a uma sociedade que necessita de uma estrutura em todos os seguimentos da gestão para sua sobrevivência.
Natal não tem saneamento, por que o pouco que fizeram, não projetaram o futuro que estava claro no que se refere ao crescimento, não tem malha viária, as poucas que tem estão nas principais vias de acesso, assim mesmo sem as condições ideais de tráfico e sem perspectiva de reposição asfáltica ocasionando acidentes diariamente no trânsito, não tem a menor infra-estrutura no trânsito,não há retornos, não há semáforos, os que existem estão caindo aos pedaços, afinal, não dá para enumerar a desorganização, mas as multas existem inclusive com metas a serem cumpridas. Natal tem a exemplo do estado, a pior educação do país, não há saúde, eu disse, " NÃO HÁ SAÚDE " não há se quer perspectiva de pelo menos melhorar o caos, pois até uma simples reforma, que pode ser realizada em seis meses, leva anos a fio e sem conclusão, aumentando o sofrimento dos profissionais da saúde, quanto dos que dela precisam.Já não vou falar da questão da segurança, pois sabemos que é da competência das instâncias maiores.
Afinal, quando o povo sofre os desmando de uma fracassada gestão, quando o povo chora por todas as seqüelas que sofre dessa gestão o que fazer? a quem recorrer? afinal, os vereadores que são eleitos para falarem em nome do povo, se rendem aos interesses exclusos da política se permitindo oferecer maioria aos gestores para não fazerem o que o povo necessita.
A prefeita tem permitido que um dos seus alienados secretários, massacre a população natalense com IPTU abusivo onde as famílias estão sofrendo para pagar, já faz parte do orçamento doméstico uma prestação contínua ano após ano, para se conseguir pagar o IPTU, agora para 2012 o alienado e irresponsável secretário, fala em aumentar em torno dos 7% e ainda disse ironicamente em entrevista que a inflação é responsável.
A sobrevivência do povo é uma necessidade e não pode permitir que alguém que se coloca acima do bem e do mau, possa levar uma sociedade a exemplo do município, ao caos do caos.
Afinal, onde estão os tributos da arrecadação municipal? será que não da se quer para tapar os buracos da malha asfaltica? será mesmo que não da para fazer melhoria nas escolas municipais? não da para comprar uma pinça simples comum, para a retirada de pontos em uma pequena cirurgia de uma criança como relatou uma mãe desesperada outro dia? não da para reformar um banheiro de uma Unidade de Saúde? Afinal, o que está acontecendo! para onde está indo os tributos arrecadados?
O pior é que virou moda, o próximo gestor já entra com o mesmo discurso que é um velho conhecido da população: " NÃO HÁ COMO FAZER NADA, NÃO HÁ COMO ARCAR COM OS COMPROMISSOS, NÃO HÁ GESTÃO POIS NÃO HÁ RECURSOS O GESTOR QUE SAIU DEIXOU O MUNICÍPIO DEPENADO". Isso virou rotina nos governos!
Olha, isso é muito grave,se não vemos nenhuma obra estruturante nas administrações públicas que justifique a falta de recursos, se não há dinheiro se quer para comprar o básico para a saúde, educação etc, etc, etc, para onde vão os milhões e milhões arrecadados em uma cidade do porte de Natal que não são poucos, e as verbas federais que custeiam a cada programa?

Por: Francisco Oliveira

06 abril 2012

BLOGUEIRO DE O SERIDOENSE CHAMA A ATENÇÃO DE BLOGS QUE FAZEM PROSELITISMO EM SUAS POSTÁGENS

Olha meus amigos, tem coisas que não da para digerir sem expor nossa opinião. Tem ficado muito patente e as evidências provam o meu comentário, que alguns Blogs perdem não só a credibilidade, quando deixam claro para seus leitores que passam a não ter mais, o mais essencial da notícia, que é a imparcialidade.
Tenho acompanhado alguns Blogs desde suas criações e confesso que estou surpreendido com as mudanças que seus redatores adotam ao assumirem claramente suas posturas diferentes em relação a política local.
Tem Blog que agora só posta notícias ligadas ao sistema governista, quando antes só postava do sistema de oposição.
Outros chegam ao ridículo de fazerem proselitismo ao postarem uma matéria coladinha na outra, sendo uma contrária ao ex-prefeito Edimar e outra a favor do atual prefeito Jocimar.
É bom lembrar que os jornais, revistas, blogs etc, necessitam do leitor para se manterem em suas audiências pelas suas matérias postadas.

Por: F. Oliveira

ROMEIROS VÃO A CARNAÚBA DOS DANTAS PAGAR PROMESSAS



Já é grande o número de pessoas que se aglomeram no Monte do Galo para subir no cume, pagar suas promessas e rezar, num ritual que acontece diariamente no Santuário de Nossa Senhora das Vitórias, na cidade de Carnaúba dos Dantas, mas que aumenta nos períodos de celebrações religiosas, tais como: Sexta-Feira da Paixão, Festa de Nossa Senhora das Vitórías (outubro) e Festa de Santa Luzia (dezembro).

Logo mais à tarde será realizada a Encenação da Paixão de Cristo, espetáculo esse que acontece há 38 anos, na praça dos romeiros.
Robson Pires

GOVERNO DO ESTADO DECRETA ESTADO DE EMERGÊNCIA EM 139 MUNICÍPIOS

Na manhã desta quinta-feira (5), a governadora Rosalba Ciarlini participou de uma reunião com secretários de Estado do Rio Grande do Norte e órgãos vinculados, além de entidades diversas para discutir e avaliar a situação de 139 municípios do Estado.
A grande verdade, é que as mudanças climáticas da terra em função da degradação pelo homem é tão violenta, que nem mesmo os institutos de meteorologia consegue obter hoje em dia uma previsão exata dos estudos. A prova são as previsões não confirmadas por meteorologistas que vão ao interior a convite de políticos e enchem de esperanças sem sucesso o já sofrido homem do campo.

Por: F. Oliveira

GOVERNO PROMETE PARA 2015 ÁGUAS DO RIO SÃO FRANCISCO NO RN

O projeto de transposição do Rio São Francisco, que prevê a construção de dois grandes canais, o Eixo Norte e o Leste, que somam 713km de extensão, teve, novamente, seus prazos de entrega modificados.

De acordo com estudos oficiais, a transposição irá assegurar oferta de água a cerca de 12 milhões de habitantes de 390 municípios do agreste e do sertão de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. O Ministério da Integração deu um novo prazo para a conclusão da obra. Assegura, agora, que tudo vai ficar pronto em 2015. Anteriormente se tinha falado em 2013 e 2014.

A obra, que é a maior atualmente em execução no Brasil, teve uma explosão em seus custos. Nos últimos cinco anos, ela passou de R$ 4,6 bilhões para R$ 8,18 bilhões (77,8% a mais).

Em 2011, a transposição ficou praticamente parada. Avançou apenas 5%. Foi justamente o ano dos acordos com as empreiteiras para a retomada das obras. Nove lotes chegaram a ficar parados. Hoje, os lotes 3, 4 e 7 estão abandonados e serão licitados novamente. O lote 4, por exemplo, que prevê a construção de cinco segmentos de canal, túnel, barragem, pontes e passarelas, em Pernambuco e no Ceará, teve apenas 13% de execução física, o pior avanço de toda a transposição.

Outro ponto negativo do projeto é o desperdício de dinheiro público. Realizados a toque de caixa e com baixo detalhamento técnico, em razão da promessa oficial de inaugurar o Eixo Leste no último ano do governo Lula para fortalecer a candidatura Dilma Rousseff, os projetos executivos foram mal elaborados.

No início das obras, as empresas pressionaram o governo para assinaturas de contratos aditivos milionários acima de 25% do valor original, teto permitido pela legislação. Em alguns lotes, de acordo com dados repassados pelo próprio Ministério da Integração Nacional no ano passado, os novos valores precisavam ser aumentados em até 60%.

O projeto
A ideia é interligar o São Francisco às bacias dos rios temporários do semiárido. O Eixo Norte vai levar água para o sertão de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. O Leste vai beneficiar parte do sertão e as regiões do Agreste de Pernambuco e da Paraíba. A obra foi dividida em 16 lotes. Em dois deles, as intervenções são realizadas pelo Exército. Nos outros, por consórcios formados por empresas privadas.

Além da interligação das bacias, o governo pretende executar um projeto de recuperação do São Francisco e de seus afluentes, pois vários desses rios sofrem problemas de assoreamento, decorrentes do desmatamento para atividades agrícolas.

Por Dinarte Assunção, com Correio Braziliense

CRISTO, DÊ-ME SUA CRUZ, MAS NÃO ME LEVE AINDA, DIZ CHÁVEZ

'Cristo, dê-me sua cruz, mas não me leve ainda', disse presidente da Venezuela, Hugo Chávez, em discurso nesta 5ª à noite
O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, se emocionou durante uma missa na cidade de Barinas nesta quinta-feira, o primeiro ato público após a volta do segundo ciclo de radioterapia para o tratamento de um câncer na região pélvica.

Em cerimônia que celebrava a quinta-feira, o mandatário fez um discurso com voz embargada e menções religiosas, dizendo que "não pôde evitar as lágrimas" quando abraçou os pais na última vez que chegou ao país, na quarta (4).

Sobre a doença, Chávez falou que os últimos dois anos, em que teve dois tumores na mesma região "não foram fáceis". Em tom emocionado, pediu a proteção de Jesus Cristo, fazendo referência a sua crucificação, que é lembrada na Páscoa.

"Dê-me vida, ainda que seja dolorosa, mas dê-me vida. Dê-me sua coroa, Cristo, que eu coloco. Dê-me sua cruz, cem cruzes, Cristo, que eu a levo, mas não me leve ainda, porque ainda tenho coisas para fazer por esse povo e por essa pátria".

RUMORES

As declarações emocionadas do presidente alimentam rumores de que sua saúde está mais debilitada, apesar das negativas das informações oficiais.

Chávez voltou à Venezuela na quarta-feira, mas diferentemente do mencionado pelo cerimonial do Palacio de Miraflores, desceu na cidade de Barinas, onde nasceu, em vez da capital Caracas, onde era prevista sua chegada.

Durante a estadia em Cuba, Chávez ficou sem atualizar sua conta no microblog Twitter por dois dias, o que alimentou rumores sobre o estado de saúde do presidente.

Ao longo da quarta (5), gerou alguma controvérsia uma mensagem postada pelo médico venezuelano José Rafael Marquina em sua conta de Twitter na terça-feira à noite.

Comentador regular sobre a saúde do líder venezuelano, Marquina disse que Chávez sofreu uma "dor intestinal severa", o que teria provocado a hospitalização do presidente.

A mensagem teve repercussão restrita na própria mídia venezuelana. Ao jornal espanhol ABC, Marquina disse no final de março que o câncer do presidente se espalhou pela bexiga, fígado e glândulas suprarenais.

Segundo ele, Chávez só viveria até outubro, caso continuasse respondendo mal ao tratamento como até aquela ocasião. "Com a radioterapia lhe estão comprando tempo", afirmou.

Marquina, que não é oncologista, ganhou visibilidade ao ser "endossado" e replicado pelo jornalista venezuelano Nelson Bocaranda, que no ano passado antecipou que Chávez tinha câncer --enquanto o governo negava.

Seguido por mais 500 mil pessoas em sua conta no Twitter, Bocaranda, ferrenho opositor de Chávez, diz que houve "uma extensão do câncer originário".

Em fevereiro, o jornalista também havia antecipado que o presidente passaria por uma nova cirurgia em Havana.
A Folha Online

CAIXA TERÁ JURO DE 1,35% NO CHEQUE ESPECIAL

Após o Banco do Brasil provocar a concorrência com juros baixos, chegou a vez de a Caixa Econômica Federal surpreender com uma abordagem ainda mais agressiva.

O banco reabre na segunda oferecendo pacotes inéditos para clientes vindos de outros bancos e taxas de cheque especial que começam em 1,35% ao mês --há duas semanas, a média era 8,01%.

A Caixa distribuirá aos correntistas de outros bancos formulários para "migração" da conta-salário e oferecerá linha de financiamento chamada "Crédito Azul", pela qual o cliente poderá quitar a "dívida cara" na concorrência e se refinanciar com juros menores no banco estatal.

Apesar de o BB ser o maior banco brasileiro, a Caixa tem mais capacidade de abordar clientes de outras instituições. Além de ter 80% do crédito imobiliário no país, ela recebe clientes de outros bancos porque é a gestora do FGTS e implementa serviços sociais do governo, como pagamento de seguro-desemprego, PIS, Bolsa Família e o Fies (crédito estudantil). Juntando todos, o banco tem 56,8 milhões de clientes -- quase 30% da população do país.

Bancada pela presidente Dilma Rousseff, a iniciativa dos bancos públicos visa estimular a economia por meio do consumo e forçar Itaú, Bradesco e Santander a reduzirem suas taxas sob o risco de perderem mercado, como ocorreu na crise de 2009.

Se o BB informou que cobrará 3% ao mês no chamado rotativo do cartão de crédito (quando o cliente não paga a fatura integral) só no caso de clientes de outros bancos que aderirem ao banco, a Caixa atacará com um piso de 3,97% ao mês para todos nessa modalidade.

No caso do crédito com desconto em folha de pagamento (consignado), o piso será de 0,84% ao mês, praticamente a mesma taxa de 0,85% que será cobrada pelo BB para aposentados do INSS, linha conhecida pelo baixo risco de calote.

Para crédito pessoal, em um financiamento de R$ 15 mil em 36 meses, as taxas irão variar entre 2,33% ao mês a 2,53%.

A Caixa também anuncia na segunda uma linha de crédito de R$ 8 bilhões para capital de giro direcionado a micro e pequenas empresas.

Para divulgar a redução nos juros, a Caixa fez um anúncio de 30 segundos na TV, estrelado pela atriz Camila Pitanga, batizado de "Caixa Melhor Crédito".
gerentes treinados

Em São Paulo, os gerentes da Caixa receberam ontem um folheto com o material de divulgação do corte nos juros, intitulado "Corte Histórico de Juros na Caixa", com a atriz Camila Pitanga como garota-propaganda ""ela já havia sido a estrela do comercial que mostrou os resultados de 2011 do banco.
A Folha Online

ANNAN PEDE AO BRASIL QUE ENVIE TROPAS PARA AJUDAR A MONITORAR SITUAÇÃO SÍRIA

Ex-secretário-geral da ONU quer que País integre força desarmada de aproximadamente 250 homens - Martial Trezzini/Efe
GENEBRA - O enviado da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Liga Árabe para a crise síria, Kofi Annan, quer que o Brasil envie tropas para integrar o contingente de observadores que será deslocado para monitorar um eventual plano de paz em Damasco e a implementação de um cessar-fogo.


A informação foi dada ao Estado com exclusividade pelo porta-voz de Annan, Ahmed Fawzi. A ONU espera delinear até a semana que vem um grupo de cerca de 250 homens que seriam enviados à Síria para garantir o cumprimento de um cessar-fogo, a partir do dia 12. Mas ativistas sírios, Annan e o próprio secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon alertam que a repressão ganhou força nos últimos dias, numa demonstração de que o regime de Bashar Assad não dá sinais de ceder.

Em Brasília, por meio de sua assessoria de imprensa, o Itamaraty informou não ter recebido pedido para o envio de soldados à Síria. A criação de uma força de paz, ainda de acordo com a assessoria, somente é feita depois de aprovada no Conselho de Segurança da ONU, o que ainda não se deu. Caso isso ocorra, informa o Ministério de Relações Exteriores, o Brasil estudará o pedido de envio, pois o País "acompanha com interesse a situação na Síria".

Annan deu um prazo até terça-feira para que o regime sírio e a oposição comecem a abandonar as armas e Damasco retire tanques e armas pesadas de centros urbanos. Com isso, um cessar-fogo amplo seria iniciado de fato na quinta-feira. O acordo também prevê que nenhuma cidade será alvo de uma nova incursão militar.

"Esperamos que no dia 10 o governo sírio tenha concluído a retirada de suas tropas dos centros urbanos", disse Fawzi. "A partir desse momento, começa um período de 48 horas, durante o qual cessarão totalmente todas as formas de violência por todas as partes, o que inclui o governo sírio e a oposição."

"Daí, então, esperamos que haja espaço para um diálogo político", disse Fawzi. "O cessar-fogo não é um fim em si mesmo. Tudo isso é para criar condições para que haja um diálogo na direção da democracia. Por isso, a missão de observadores é fundamental", disse Annan.

Para garantir o pacto, Annan iniciou nos últimos dias um dialogo com alguns governos sobre a possibilidade do envio dos soldados para a missão de observação. Os soldados seriam enviados desarmados e apenas com a missão de relatar se Assad e os rebeldes estão ou não cumprindo o acordo.

Fawzi indicou que o Brasil já foi procurado extraoficialmente e informado do interesse de Annan - acrescentando que, nos próximos dias, uma carta oficializando o pedido será enviada a Brasília. "O Brasil está na lista dos países que queremos que atuem", disse o porta-voz de Annan.

No total, Annan havia selecionado aproximadamente uma dúzia de países que gostaria de ver na operação. A lista foi feita com base nas características dos governos e na capacidade de serem considerados interlocutores tanto do Ocidente quanto do governo sírio.

Fawzi evitou dar mais detalhes, alegando que Annan "não negocia pela imprensa". Há duas semanas, o Estado relatou que Annan telefonou para o chanceler Antonio Patriota justamente para pedir apoio nos esforços de mediação na Síria. Já naquela ocasião, Annan antecipou a Patriota o fato de que estava pensando em enviar a missão de 250 observadores para a Síria.

O Brasil mantém tropas no Haiti e uma fragata no Líbano. Na visão da ONU, o envio de soldados credenciaria o Brasil a novos esforços de paz no Oriente Médio. Para Annan, a missão na Síria teria um formato pouco tradicional. "Não há um front ou linhas determinadas separando a oposição e o governo. Não podemos ter uma força tradicional de manutenção da paz", disse Annan à Assembleia-Geral da ONU. Segundo ele, essa força deve ser relativamente pequena, flexível, ágil e ter acesso a todo o país em segurança.

Na quarta, uma equipe avançada de sua missão desembarcou na Síria para já começar a negociar de que forma os observadores militares atuarão. Para liderar a implementação de um acordo, Annan escolheu o general norueguês Robert Mood, que já está em Damasco.

Sem trégua

A esperança de Annan de um cessar-fogo vem justamente no momento em que ativistas alertam que Assad tem intensificado os ataques. Para a oposição, Assad estaria ganhando terreno antes do cessar-fogo, enquanto 2,3 mil refugiados sírios cruzaram a fronteira com a Turquia nas últimas 24 horas, segundo o governo de Ancara.

De acordo com a Anistia Internacional, 232 pessoas morreram na Síria desde que Assad afirmou ter aceitado considerar o plano de paz de Annan, na semana passada. O governo sírio, porém, relata que, na realidade, está retirando suas tropas de Deraa, Idlib e Zabadani.
O Estadão

DESMATAMENTO EM MATO GROSSO DOBRA E GOVERNO FEDERAL COBRA EXPLICAÇÕES

O ritmo das motosserras no Estado de Mato Grosso dobrou desde a apuração da última taxa oficial de desmatamento na Amazônia. Satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) detectaram 637 quilômetros quadrados de desmatamento na região entre agosto de 2011 e março deste ano, segundo dados preliminares. Isso representa um aumento de 96% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O corte de grande extensão de floresta aconteceu apesar da presença de fiscais na região. Em dois meses e meio, até 16 de março, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) embargou 4,3 mil km2 de áreas para a produção em Mato Grosso, por desmatamento ilegal. As multas aplicadas no Estado somaram até essa data R$ 31,6 milhões, o que equivale a 64% do valor de toda a Amazônia.

"É inegável que temos um pico de desmatamento em Mato Grosso", disse a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, após reunião com integrantes da área de inteligência do governo. O ministério cobra explicações sobre autorizações de desmate concedidas no período.

"Ainda não temos as explicações, mas sabemos que tem gente lá dizendo que pode desmatar porque o sujeito vai ser anistiado", afirmou Izabella, que aponta entre as hipóteses para explicar o pico de corte expectativas falsas criadas pelo debate do Código Florestal, em votação no Congresso. A lei estadual de zoneamento econômico-ecológico, que ampliava os casos de anistia a desmatadores, teve seus efeitos suspensos recentemente.

Izabella também considerou o efeito de lei sancionada em dezembro pela presidente Dilma Rousseff e que supostamente esvaziaria o poder de fiscalização do Ibama. "Não existe nada na lei que impeça a atuação de órgãos federais", declarou.

A lei determina que cabe aos Estados fiscalizar as áreas em que tem competência para licenciar o corte de vegetação. Pela lei, prevalece o auto de infração estadual, o que pode levar a que proprietários de terra recorram das multas de R$ 49,4 milhões aplicadas pelo Ibama desde janeiro.

O novo surto de desmatamento em Mato Grosso foi detectado em fevereiro por conta da baixa cobertura de nuvens na região. As nuvens atrapalham a visão dos satélites. O desmate aconteceu em período de chuvas, quando a atividade das motosserras tradicionalmente cai na Amazônia. No ano passado, Mato Grosso já havia provocado a convocação de um gabinete de crise no governo, por conta do ritmo acelerado do desmatamento.

Roraima. Nos últimos meses, o satélites do Deter (mais rápidos, mas menos precisos) também detectaram aumento de 363% do abate de árvores em Roraima. O governo federal ainda apura os motivos de a taxa no Estado ter aumentado 363% entre agosto em março, comparado ao mesmo período do ano passado.

Embora seja proporcionalmente maior do que o aumento do desmate em Mato Grosso, o abate de árvores em Roraima somou 56 km2, menos de 9% do que foi desmatado no Estado governado por Silval Barbosa. O governo acredita que a migração da atividade madeireira do Pará possa explicar a situação em Roraima.

Rondônia também registrou aumento, de 9,7% (mais informações nesta página). Os demais Estados da Amazônia registraram queda do desmatamento nos oito primeiros meses de coleta da nova taxa oficial da Amazônia.

No Pará, as nuvens ainda atrapalham a visão dos satélites. Por isso, o diretor do Inpe, Gilberto Câmara, admite que o resultado apurado até aqui pode não corresponder à realidade. "O Pará ainda está sob nuvens", comentou. No Estado, os fiscais já embargaram neste ano 2,3 mil km2 de áreas desmatadas para a produção. As multas aplicadas ultrapassam R$ 15,5 milhões.
O Estadão

05 abril 2012

PREFEITURA REALIZA RETOQUES NA PRAÇA NOSSA SENHORA DAS VITÓRIAS, SENÁRIO DA ENCENAÇÃO DA PAIXÃO DE CRISTO

ImageProxy
A prefeitura de Carnaúba dos Dantas, através da Secretaria de Obras, está realizando os últimos retoques na Praça Nossa Senhora das Vitórias, lá no Monte do Galo, cenário da Encenação da Paixão de Cristo, espetáculo que há 38 anos ocorre no município.

Não diferente igreja e prefeitura unidas, realizam mais uma vez um espetáculo que emociona milhares de romeiros e turistas que anualmente marcam presenças no Monte do Galo para relembrar o amor simbolizado no sofrimento e morte que Jesus Cristo tem para com a humanidade
Carnaúba em Foco

PROJETO QUE ENDURECE LEI SECA DOBRA MULTA PARA MOTORISTA EMBRIAGADO

A proposta em tramitação na Câmara dos Deputados que torna mais rígida a Lei Seca prevê também um aumento da multa para quem dirige sob efeito de álcool. O valor, hoje estipulado em R$ 957,70 passaria para R$ 1.915,40. O projeto de lei deverá ser colocado em votação na próxima quarta-feira (11), segundo acordo costurado pelo presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS).

Além da multa, o motorista que dirige bêbado está sujeito a suspensão do direito de dirigir por um ano e retenção do veículo, além de responder na esfera criminal, com pena que varia de seis meses a dois anos de prisão.

A proposta tem como foco a inclusão de outras formas, além do bafômetro e do exame de sangue, para provar a embriaguez ao volante. No último dia 28, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que o exame clínico (constatação por observação médica) e relatos de testemunhas (incluindo autoridades) não servem como provas no processo criminal.

BENTO XVI DENUNCIA SITUAÇÃO "DRAMÁTICA" DA IGREJA E CRITICA DESOBEDIÊNCIA

Bento XVI celebra a Missa Crismal na basílica de São Pedro, no Vaticano - Efe
O papa Bento XVI declarou nesta quinta-feira, 5, que a situação atual da Igreja Católica é muitas vezes "dramática", reiterou o "não" ao sacerdócio feminino e denunciou a "desobediência organizada" defendida por um grupo de padres europeus e o "analfabetismo religioso" da sociedade.

Perante mais de dez mil pessoas, 1.600 delas religiosos, o pontífice oficiou na basílica de São Pedro, no Vaticano, a Missa Crismal, que abre o Tríduo Pascal (o conjunto de três celebrações do Cristianismo na Semana Santa).

A missa de hoje celebra a Quinta-Feira Santa, dia em que se lembra a instituição do sacramento por Jesus Cristo durante a Última Ceia. Assim, dirigindo-se aos sacerdotes, o papa lembrou o momento da ordenação sacerdotal e perguntou se eles "são homens que agem partindo de Deus e em comunhão com Jesus Cristo" e se suas vidas correspondem com essa consagração.

Bento XVI disse ainda que o sacerdócio exige renúncias, servir ao próximo e ser fiel a Cristo.

O papa também denunciou o recente documento publicado por um grupo de sacerdotes europeus que "apela à desobediência". O papa se referia aos 300 párocos austríacos que organizaram, pela internet, a iniciativa "Um chamado à desobediência", por meio da qual exigem reformas como o sacerdócio feminino e o de homens casados.

O pontífice, de quase 85 anos, declarou que esses padres invocam a desobediência na esperança de renovar a Igreja. "Mas a desobediência é um caminho para renovar a Igreja?", indagou o papa na missa. Bento XVI aproveitou para destacar que Cristo se preocupava com a verdadeira obediência, frente ao arbítrio do homem.

Bento XVI também recomendou aos sacerdotes mais estudo, ressaltando que existe "um analfabetismo religioso que se divulga na sociedade". "Os elementos fundamentais da fé, que antes qualquer criança sabia, são cada vez menos conhecidos", denunciou o papa.

Durante a missa, os sacerdotes renovaram as promessas de pobreza, castidade e obediência, e Bento XVI abençoou o óleo dos catecúmenos, o dos doentes e o crisma (óleo e bálsamos misturados), que lhe foram apresentados em três grandes jarras de prata.

Os óleos bentos na Quinta-Feira Santa pelos bispos serão utilizados para ungir os que são batizados e os que são confirmados para a ordenação sacerdotal. Esse rito é celebrado em todas as catedrais do mundo.

Na tarde desta Quinta-Feira Santa o papa seguirá para a Basílica de São João de Latrão, a catedral de Roma, para celebrar a missa da Última Ceia, na qual tradicionalmente lava os pés de doze presbíteros.
O Estadão

04 abril 2012

OPERAÇÃO SEMANA SANTA COMEÇA NESTA QUINTA NAS ESTRADAS

Começa amanhã (5) ao meio-dia e termina às 23h59 do domingo (8) a programação especial de Páscoa, promovida pelas 14 concessionárias de rodovias federais. A iniciativa atende à determinação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para dar mais segurança e fluidez aos usuários dessas rodovias.

Como órgão regulador e fiscalizador da vias administradas pela iniciativa privada, a ANTT orienta as empresas a intensificarem as ações que visam, principalmente, à redução do índice de acidentes. Todas as concessionárias reforçarão a quantidade de veículos e colaboradores.

Um total de 152 ambulâncias, 195 guinchos e 128 veículos de inspeção vão reforçar o policiamento e o atendimento de emergência nessas vias, nos horários de maior movimento.

Também serão fixadas faixas e painéis com regras e orientações de segurança no trânsito. Nas praças de pedágio será ampliada a quantidade de cabines em operação.

Serão implantadas ainda faixas de tráfego reversíveis nos segmentos de grande movimento. A fiscalização da Polícia Rodoviária Federal também será reforçada.

UFRN CRIA SISTEMA DE MONITORAMENTO EM TEMPO REAL DE FOCOS DE DENGUE

O Hospital Onofre Lopes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde, criou o “Observatório da Dengue”.

A ideia é um subprojeto do “Telessaúde Brasil”, criado pelo Ministério da Saúde, em 2006, que utiliza tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) para combater as epidemias brasileiras e que seu tratamento seja o mais rápido possível.

De acordo com Ricardo Valentin, coordenador do laboratório, o projeto quer combater a epidemia da dengue, que é crescente na maioria das cidades do país. O “Observatório da Dengue” começou a ser desenvolvido em 2010. Utiliza-se um complexo sistema de georreferenciamento para detectar e mapear os focos de mosquito da dengue na cidade através de imagens em satélite.

Nesse sistema, o agente epidêmico vai vistoriar as casas e estabelecimentos para saber a existência de foco do mosquito da dengue. Caso exista, o agente vai utilizar um dispositivo, dado pelo observatório, para indicar a evidência da doença e depois será mapeada.

Segundo Ricardo Valentim, quando descobre evidências do mosquito da dengue em um determinado local, pode demorar 15 dias para iniciar as medidas para acabar com a epidemia nessa região. Valentim disse que esse sistema ajudará a diminuir os casos da doença em alguns bairros da cidade, como o Planalto.

“No bairro do Planalto podemos dizer que o caso de dengue é endêmico”, disse o coordenador.

Por enquanto, nenhuma Secretaria de Saúde aderiu ao projeto, mas elas já possuem bastante interesse. “Estou tentando conversar com o secretário de Saúde do Estado para falar sobre o projeto, pois se o Estado e os municípios aderirem ao projeto, eles ajudariam bastante o nosso trabalho”, disse

PARA SARNEY, PRIVILÉGIOS A CONGRESSISTAS 'HOMENAGEIAM DEMOCRACIA'

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), rebateu as críticas que recebeu por usar um helicóptero do governo do Maranhão para viagens particulares e reafirmou que tem "direito" a esse tipo de transporte.
Em agosto, a Folha revelou que o senador se deslocava a sua ilha particular no Maranhão em um helicóptero da Polícia Militar do Estado, governado por sua filha, Roseana Sarney (PMDB).
"Quando esses privilégios foram criados, o objetivo era que os deputados fossem livres e seus salários não os fizessem miseráveis, dependentes dos presidentes", disse Sarney ao jornal "Zero Hora", do Rio Grande do Sul.
E continuou: "Quando a legislação diz que o presidente do Congresso tem direito a transporte de representação, estamos homenageando a democracia, cumprindo a liturgia das instituições".
O senador também foi questionado pelo jornal sobre o show da banda Capital Inicial no Rock in Rio, em que o vocalista dedicou ao político a música "Que País é Esse" e foi apoiado pelo público. Sarney disse que considerou a crítica injusta e que o rock "tem o DNA da contestação".
Ele falou ainda que "raramente" conversa com Dilma Rousseff e que a presidente está "marcando seu estilo".
Folha.com

Do Blog: De Sarney não se pode esperar outra coisa, resta a todos nós sorrir para não infartar. Vamos, riam comigo!!!!!!!!!!!!KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

03 abril 2012

SECRETARIA DE SAÚDE REALIZA CAMINHADA E PALESTRA SOBRE AÇÕES E CONTROLE DA DENGUE

A Secretaria Municipal de Saúde de Jardim do Seridó realizou na manhã desta terça-feira (3), uma caminhada de mobilização de combate a dengue saindo do Posto Laís XIII com destino ao Auditório Mestre Galinho. Profissionais de saúde, escolas do município, Conselho Tutelar e a Guarda Municipal, participaram do evento. Após a formação do dispositivo das autoridades, o coordenador de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde, Francisco das Chagas fez uma explanação da situação da dengue no município. Em seguida aconteceu um debate sobre o tema.

Na oportunidade, a Secretária Zuíla Clemens Coutinho e Paiva abriu os trabalhos dizendo que a cidade nos últimos dias muito tem se preocupado com um caso isolado de H1N1 (gripe suína), mas tem se esquecido de combater a dengue que mata muito mais. “Enquanto alguns se preocupam tanto com a gripe suína, deviam se preocupar com a possibilidade de existir no município a presença do soro tipo 4 da dengue, o que é muito mais grave”, enfatizou.

Ela também disse que a secretaria de Saúde de Jardim do Seridó vem sempre cumprindo a meta dos ciclos determinado pelo Ministério da Saúde e que os profissionais de endemias hoje tem uma estrutura adequada. “Recentemente adquirimos um carro 0Km para a endemias e nos próximos dias o município vai ganhar mais uma máquina motorizada, doada pela SESAP do RN para combater a dengue”, destacou Zuíla.

Na oportunidade, foi mostrado aos presentes que a dengue chegou à região Seridó no ano de 1995 e em 1996 na cidade de Jardim do Seridó. O primeiro caso de dengue confirmado foi em 1997. Atualmente existem no município 78 casos de dengue notificados, sendo 50 destes no Centro da cidade e 24 casos de dengue confirmados com sorologias. Em tempo: já foram feitos 18 bloqueios nas residências visando o controle do mosquito Aedes aegypti.

O coordenador, Francisco das Chagas mostrou que a disseminação da doença acontece principalmente no verão e até o mês de maio, quando há maior incidência de chuvas. “Sem chover a cidade já se encontra neste estado, imagine quando começar o período chuvoso”, declarou Chagas. Ele também explicou que os sintomas da dengue clássica. “A pessoa doente tem febre alta, dores de cabeça, nas costas e na região atrás dos olhos. A febre começa a ceder a partir do quinto dia e os sintomas, a partir do décimo dia. Passou deste período é outro tipo de doença”, relatou.

Segundo o representante da IV USARP (setor de endemias da região Seridó), Noé Rogério, o que mais preocupa em Jardim do Seridó são as caixas d’águas e os depósitos nas residências dos moradores. Pelos dados apresentados o Bairro Bandeira Branca é o setor com o maior número de caixa d’água descobertas. “A ausência de uma Lei Municipal sobre a vedação das mesmas dificulta o trabalho de todos os profissionais envolvidos”, disse.

Ele falou que a secretaria de Saúde já solicitou a presença do carro fumacê, mas que só isto não basta, até pela questão do meio ambiente, já que o veneno não mata só o mosquito da dengue e sim outros que também faz bem. “A ação do carro fumacê é importante, mas é mais interessante à prevenção, é preciso uma ação conjunta da população com os profissionais de saúde. As pessoas têm que fazer a sua parte”, alertou Noé.

O evento contou com profissionais da saúde e representantes da sociedade civil e organizada. Durante as próximas duas semanas a secretaria de Saúde vai intensificar as ações de controle e combate a dengue.
Matéria e foto do Blog A Fonte

MINISTÉRIO DOS ESPORTES INFORMA QUE ARENA DAS DONAS TEM 20,5% DAS OBRAS REALIZADAS

O Ministério dos Esportes divulgou nesta terça-feira (3) o andamento das obras nos estádios da Copa do Mundo de 2014. Segundo o governo federal, a Arena das Dunas, em Natal, é a segunda obra mais atrasada entre as doze cidades-sedes, com 20,5% das ações realizadas. O estádio com o andamento mais atrasado é o Beira-Rio, em Porto Alegre, com 20%. As informações foram divulgadas no site do jornal Estadão na tarde de hoje.

A avaliação do governo foi feita através de visitas de monitoramento de membros do Ministério dos Esportes nas cidades-sedes da Copa durante o mês de março. Além disso, representantes das cidades também ajudaram nas informações sobre o andamento das obras.

No mês de janeiro passado, o Tribunal de Contas da União (TCU) também avaliou o andamento das obras nas doze cidades-sedes da Copa do Mundo de 2014. No relatório, divulgado em fevereiro, a Arena das Dunas estava com 11% das obras executadas.

O levantamento divulgado pelo governo nesta terça-feira ainda informou que apenas quatro cidades-sedes estão com mais da metade das obras finalizadas em seus estádios: Fortaleza, com 60%, Belo Horizonte e Salvador, com 55%, e Brasília, com 54%.

Da Tribuna do Norte

Do Blog: Só se for na matemática do Ministro!

FUNCIONÁRIOS DO ARENA DAS DONAS AMEAÇAM PEDIR DEMISSÃO COLETIVA

Os operários do estádio Arena das Dunas ameaçam pedir demissão coletiva na quarta-feira (04). Já na manhã de hoje, os trabalhadores realizaram uma paralisação devido ao descumprimento do acordo feito pela empresa OAS, responsável pela obra.

De acordo com os funcionários, a OAS cortou 25 profissionais, desobedecendo ao acordo feito entre eles, durante a primeira paralisação, que aconteceu em 20 de março. O acordo dizia que a empresa não iria demitir ninguém até o dia 16 de abril.

Na manhã de hoje (03), os operários fecharam a marginal da BR-101 em frente à entrada da obra do estádio, onde realizaram uma assembleia para decidir se entrariam em greve ou não.

A OAS afirma que a demissão foi somente de 24 funcionários e era uma medida administrativa. Além disso, não há qualquer motivo para a realização do protesto, visto que não teve acordo nenhum feito entre a empresa com os funcionários.

Do Blog: Hoje cedo quando ia para Parnamirim, passei no local, mas como tenho de cumprir meu horário no trabalho não pude parar para obter a informação do tumulto. Mas de dentro do meu carro, chamei um operário e perguntei: Dessa vez é o que? O mesmo me respondeu: querem matar os pais de família de fome com o salário, o atraso e digo mais! se continuar desse jeito não vai ter copa nenhuma aqui em Natal. Concluiu.

PACOTE DE ESTÍMULOS DO GOVERNO TEM VALOR PREVISTO DE R$ 60,4 BI

Mantega ao lado de Marco Maia, Dilma, Michel Temer e Gleisi Hoffmann, durante anúncio de medidas de incentivo
O pacote de estímulos ao setor produtivo, anunciado nesta terça-feira, terá um valor total previsto de R$ 60,4 bilhões em recursos, a maior parte prevista para ter impacto neste ano. O dado foi divulgado pelo secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa.

Deste valor total estão previstos R$ 3,1 bilhões em desonerações, o que inclui a desoneração da folha de pagamentos. Inicialmente, durante o anúncio das medidas no Palácio do Planalto, o governo informou que a desoneração custaria R$ 4,9 bilhões em 2012. O secretário explicou que o impacto líquido será menor já que o governo também irá receber recursos por conta da tributação da Cofins na importação.

Segundo Barbosa, a medida é estrutural. "A desoneração é estrutural, veio para ficar e estimula bastante a competitividade da indústria, é uma medida bem eficaz e outros setores que quiserem podem ser beneficiados".

Nelson Barbosa informou também que as compras governamentais deverão somar R$ 3,9 bilhões neste ano, a expansão do crédito para exportação somará mais R$ 1,9 bilhão e haverá outros R$ 6,5 bilhões em equalização da taxa de juros nos empréstimos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

Para o BNDES serão destinados R$ 45 bilhões, que se referem a uma nova operação de capitalização do banco que ampliará a concessão de crédito para o setor produtivo com taxas de juros mais baixas.

Veja abaixo as principais medidas anunciadas hoje pelo governo:

DESONERAÇÃO E TRIBUTOS

O governo anunciou que vai desonerar a folha de pagamento de 15 setores, em uma renúncia fiscal que deve chegar a R$ 7,2 bilhões por ano. Com a medida fica prevista a eliminação da contribuição previdenciária patronal de 20% sobre a folha de pagamento. A cobrança será substituída por taxas que vão de 1% a 2,5% sobre o faturamento da empresa. A desoneração em 2012 pode chegar a R$ 3,1 bilhões.

CÂMBIO

O governo pretende manter as ações para conter a desvalorização do dólar, que diminui a competitividade da indústria brasileira devido à valorização do real.

Além da compra de dólares o país também tem utilizado o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) como instrumento para barrar a entrada desordenada de dólares no Brasil. O ministro Guido Mantega (Fazenda) também aposta na redução da taxa de juros básica para conter o câmbio, pois isso reduz a diferença entre as taxas cobradas fora do país e internamente.

EXPORTAÇÃO

Haverá uma ampliação no número de empresas exportadoras que serão isentas do pagamento de IPI, PIS e Cofins na aquisição de insumos. Uma empresa passará a ser enquadrada como "preponderantemente exportadora" quando exportar 50% da sua produção.

Hoje, para receber o enquadramento e a desoneração, a empresa deve exportar 60% da sua produção, para o caso do setor intensivo (que emprega muita gente, como o setor automotivo e têxtil), e 70% no caso do setor não intensivo.

Haverá ainda a ampliação dos valores e prazos do Proex (Programa de Financiamento Para a Exportação). O valor total do programa vai passar a ser de R$ 3,1 bilhões, antes era de R$ 1,24 bilhão. As empresas terão 15 anos para pagar o financiamento, a juros mais baixos. O prazo atual é de 10 anos.

DEFESA COMERCIAL

Algumas medidas pretendem reduzir o custo do financiamento do comércio exterior, com mais financiamento a custos reduzidos. Dentro do novo pacote, que deve somar R$ 20 bilhões em desonerações e financiamento do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), está ainda a desoneração de redes de telecomunicações, a renovação do programa "Um computador por aluno" e a retomada do programa para uma indústria de semicondutores no país.

Como parte das medidas de estímulo ao investimento do governo federal, o BNDES anunciou uma redução "significativa do custo" de financiamentos para máquinas e equipamentos, além de ampliar prazos e aumentar a participação do banco nos projetos.

O banco passou ainda a fornecer mais acesso à linhas de capital de giro --que poderão ser contratadas por grandes empresas, até o limite de R$ 50 milhões, com juros reduzidos para até 9% ao ano. Antes, a linha era exclusiva à micro e pequenas empresas.

O BNDES estendeu ainda o PSI (Programa de Sustentação do Investimento), que financia máquinas e equipamentos, até dezembro de 2013. As taxas foram reduzidas de de 8,7% ao ano para 7,3%, no caso de grandes empresas, e de 6,5% para 5,5%, para micro, pequenas e médias empresas.

Para estimular a indústria automobilística, as taxas para compra de ônibus e caminhões também caíram --de 10% para 7,7%. O prazo máximo de pagamento subiu de 96 meses para 120 meses. O BNDES financiará de 90% (grandes empresas) até 100% do valor do bem (pequenas e médias).

Haverá ainda o estímulo a obras de infraestrutura portuária e ferroviária.
A Folha Online

DEM NÃO VAI PEDIR MANDATO DE DEMÓSTENES, DIZ AGRIPINO

BRASÍLIA - O presidente do Democratas, senador José Agripino (RN), afirmou nesta terça-feira, 3, que o partido não vai recorrer à Justiça para reaver o mandato do ex-líder da bancada Demóstenes Torres (GO). O parlamentar enviou-lhe uma carta na qual pede seu desligamento do DEM.

"O partido não tem argumento para a demanda", afirmou Agripino, para quem caberá ao Conselho de Ética do Senado decidir sobre a perda do mandato do senador goiano. Demóstenes é acusado de ter se tornado sócio do empresário do ramo de jogos ilegais, Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, preso na Operação Monte Carlo da Polícia Federal.

Na carta de duas páginas que enviou ao presidente do DEM, Demóstenes alegou que sua saída ocorreu por "justa causa" e o partido argumenta que o senador teria se desviado de forma reiterada do programa do partido. Dessa forma, a legenda não poderia pedir o mandato de Demóstenes de volta.

Um assessor jurídico do partido afirmou à Agência Estado, que é difícil pedir o mandato de Demóstenes porque não ocorreu, no caso, infidelidade partidária. Do ponto de vista político, o DEM não tem dado mostras de que quer comprar briga na Justiça Eleitoral contra ele.

Para o líder da bancada da Câmara dos Deputados, Antonio Carlos Magalhães Neto (BA) o caso Demóstenes é "assunto superado" dentro do partido. "A gente não passa a mão na cabeça de quem erra. Se ele não tivesse pedido para se desfiliar, certamente seria expulso. Não temos nenhum problema em cortar na própria carne".
O Estadão

IDELI NEGA RESPONSABILIDADE POR COMPRA DE LANCHAS PELO MINISTÉRIO DA PESCA

BRASÍLIA - A ministra da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, disse nesta terça-feira, 3, que não pode dizer "se foi um equívoco ou não" a compra de 28 lanchas-patrulha pelo Ministério da Pesca, que é alvo de suspeitas levantadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU). Parte do pagamento do contrato de R$ 31 milhões à empresa Intech Boating foi feito sob a gestão de Ideli no ministério.

Como o Estado revelou na semana passada, a Intech Boating doou R$ 150 mil ao comitê eleitoral do PT em Santa Catarina, que financiou 81% dos custos da campanha de Ideli ao governo estadual. Questionada hoje por jornalistas se a compra das lanchas não teria sido um equívoco, Ideli respondeu: "Meu amor, eu não posso dizer se foi um equívoco ou não. Quando cheguei ao ministério, tomei todas as providências no sentido de agilizar que as lanchas fossem utilizadas, entregues, fossem repassadas. Não posso me responsabilizar". O comentário foi feito depois do lançamento do pacote com medidas de estímulo à economia, no Palácio do Planalto. Em entrevista ao Estadão, o ex-titular da Pesca Luiz Sérgio disse que a aquisição foi um "malfeito".

Ideli voltou a afirmar nesta terça que a doação da empresa ao Partido dos Trabalhadores "foi legal". "A contribuição (doação) foi legal, feita ao comitê estadual do PT, a minha conta de campanha foi aprovada por unanimidade, o comitê estadual repassou recursos para todos os candidatos do PT de Santa Catarina. Eu tô muito tranquila, a hora que eu for acionada vou prestar os esclarecimentos", disse a ministra. "No relatório do TCU não há uma única citação à minha pessoa. Não tenho nada a ver com aquilo", afirmou Ideli.

02 abril 2012

"NÃO TEMOS ESPAÇO NO BLOCO DE EDIMAR E NEM CONCORDAMOS COM IMPOSIÇÕES", DIZ ZÉ DA NOITE

Mais afinado com o PMDB do prefeito padre Jocimar do que o PSD do ex-prefeito Edimar Medeiros, o PR comandado em Jardim do Seridó por Zé da Noite vai anunciar sua decisão no dia 14 deste mês. O anúncio será feito pelo presidente estadual da legenda, o deputado federal João Maia, em evento na própria cidade. Para Zé da Noite, uma aliança entre o PR e PMDB é mais do que natural, já que segue uma tendência que vem acontecendo em vários municípios, como Parelhas, Caicó, São Gonçalo, Currais Novos, e tantos outros.

Com a experiência de quem já foi vice-prefeito e secretário de Saúde, Zé da Noite não tem dúvidas de que, para onde o PR for tem tudo para ser decisivo nas eleições, a começar pela expressão em nível nacional que hoje têm o presidente do partido, o deputado federal João Maia. Na conversa com o Blog, Zé da Noite repudia o que ele acha ser uma estratégia adotada por alguns aliados de Edimar Medeiros, de transformá-lo no “vilão da história”, pelo simples fato de buscar a melhor aliança para o PR.

“Me chamaram de tudo, de bola fora, de traidor, de sem votos. Venho suportando tudo isso no mais íntimo do meu silêncio, mas como sou um cidadão de bem, nunca fiz nada que desabonasse minha família e conduta, não posso ficar calado. Sempre tive uma relação de respeito e lealdade a Dr. Edimar. Em 2010, por exemplo fui um dos seus poucos aliados que votou em todos os candidatos que ele nos indicou, como João Maia, Vivaldo Costa, Iberê, Wilma de Faria, Dilma. Será que os outros aliados tiveram a mesma postura que eu tive?”, indagou.

Zé da Noite também lamentou a maneira como foi articulada a escolha do nome de Amazan Silva (PSD) para disputar a prefeitura. “Não tenho nada contra Amazan, mas se queriam impor seu nome não precisava ter reunido o grupo e nos dito que seria feita uma pesquisa em fevereiro, com todos os nomes e quem melhor tivesse colocado seria o candidato. Eu trabalhei, fui para as ruas, me reuni com lideranças do Estado. Fiz de tudo para viabilizar meu nome dentro do grupo de Edimar. Mas, sinceramente sinto que não tenho espaço neste bloco e nem posso aceitar imposições. O problema é que tem muita gente acostumada a apenas baixar a cabeça diante das decisões externas que se perpetuaram ao longo dos anos no bloco. Na hora certa, terei oportunidade de explicar tudo ao povo de Jardim do Seridó”, finalizou.

Do Blog de Marcos Dantas

SERVIDORES ESTADUAIS DE SAÚDE ENTRAM EM GREVE NESTA SEGUNDA

Os servidores estaduais da saúde entram em greve por tempo indeterminado nesta segunda-feira, dia 2 abril. Eles se concentram em frente ao Walfredo Gurgel em um Ato Público de 9h às 10h, onde devem sair em passeata com parada de 10 minutos na Unicat, com mais uma parada de 10 minutos no João Machado, e mais 10min no Hemonorte, com encerramento às 11h30. À tarde deverá haver reuniões por local de trabalho, organização da greve e escolha do comando de greve.

A paralisação foi decidida em assembleia dos servidores do dia 16 de março. Na audiência ocorrida no dia 19 de março não houve avanços nas negociações e ultima, marcada para o dia 28 de março, foi desmarcada pelo governo.

A pauta pede o pagamento de plantões trabalhados entre agosto de 2010 e março de 2011 que até hoje não foram pagos, reajuste de 14,92% (referente a inflação dos últimos dois anos), implantação de uma tabela de incentivo à qualificação, incorporação de gratificações, contratação de pessoal e melhores condições de trabalho para diminuir a sobrecarga dos servidores. A pauta também pede a finalização das reformas nos hospitais Santa Catarina, na Zona Norte de Natal, e Rafael Fernandes, em Mossoró. Entre outros pontos.

SE ESTIVESSE VIVO F. GOMES COMPLETARIA HOJE 50 ANOS

Se estivesse vivo o radialista e jornalista F. Gomes estaria completando hoje, dia 2 de abril, 50 anos. Ele foi assinado no dia 18 de outubro de 2010, em frente à sua residência.

Estão detidos acusados de participação no crime: João Francisco dos Santos (Dão), réu confesso do assassinato, o empresário Lailson Lopes (Gordo da Rodoviária) – apontado pela Polícia como mandante, além do pastor Gilson Neudo do Amaral, o advogado Rivaldo Dantas e o policial militar Evandro Medeiros.

Segundo a delegada Sheila Freitas, designada especialmente para investigar o caso, pode haver mais pessoas envolvidas.
Robson Pires

ESTUDO MOSTRA QUE BRASIL É O MENOS COMPETITIVO ENTRE OS EMERGENTES

SÃO PAULO - Entre os países considerados emergentes, o Brasil foi o que apresentou os custos empresariais menos competitivos. China, Índia, México e Rússia saíram na frente com mão de obra mais barata ou carga tributária menor, por exemplo. Este foi o resultado de um estudo recente da KPMG Internacional, que confrontou resultados de 14 países diferentes com pesquisas em 110 cidades ao redor do mundo. No Brasil, as informações foram coletadas em São Paulo e Belo Horizonte.

"Os níveis salariais brasileiros, incluindo o salário mínimo, estão significativamente acima daqueles de outros países com alto crescimento estudados, e a alta carga tributária também causa impactos no desempenho total do País", afirmou, em nota, Roberto Haddad, sócio da área de Tributos Internacionais da KPMG no Brasil. Apesar de ter custos que o aproximaram dos países desenvolvidos, como o Reino Unido, o Brasil foi o quinto colocado, entre os 14, na listagem de 2012 da consultoria.

A pesquisa, que usou os Estados Unidos como referência, apontou Reino Unido e Holanda como líderes de baixo custo entre os mercados desenvolvidos, tendo o primeiro 5,5% de vantagem em relação aos EUA e, o segundo, 5,3%. O Brasil, cuja vantagem competitiva chegou a 7% em relação aos EUA, ficou bem atrás de China e Índia, ambos com custos mais de 25% inferiores aos norte-americanos. O último classificado, com maior desvantagem em relação aos EUA, foi o Japão.

Os países com menor custo de produção foram China, no setor de manufatura, e Índia, no segmento de serviços. Além de impostos, mão de obra, serviços públicos e imóveis, o estudo analisou também questões demográficas, educação, infraestrutura e condições de trabalho.

O ranking da KPMG é liderado pela China, seguida por Índia (2.º), México (3.º), Rússia (4.º), Brasil (5.º), Reino Unido (6.º), Holanda (7.º), Canadá (8.º), França (9.º), Itália (10.º), Estados Unidos (11.º), Alemanha (12.º), Austrália (13.º) e Japão (14.º).
O Estadão

SENADORA COBRA ATITUDE "IMPLACÁVEL" DA CASA NO CASO DEMÓSTENES TORRES

BRASÍLIA - Primeira a discursar no plenário na tarde desta segunda-feira, 2, a senadora Ana Amélia (PP-RS) cobrou que a Casa tenha uma atitude "implacável" ao julgar o futuro do ex-líder do Democratas Demóstenes Torres (GO). O parlamentar foi flagrado em grampos telefônicos defendendo interesses do empresário do ramo dos jogos de azar Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Na semana passada, o PSOL pediu a abertura de processo de quebra de decoro contra Demóstenes.

"Nós temos que ser implacáveis", disse ela, para quem a Casa não deveria esperar até a próxima semana para apreciar a representação do PSOL. A Casa só deve decidir o futuro de Demóstenes, caso ele não renuncie ao mandato, na semana que vem, quando o Conselho de Ética vai se reunir para eleger um novo presidente. "O Senado deve dar o exemplo para toda a sociedade. Não podemos admitir que o povo brasileiro considere que erros praticados por membros do Legislativo sejam imputados à instituição", disse Ana Amélia.

Os senadores Eduardo Suplicy (PT-SP) e Roberto Requião (PMDB-PR), que se disseram surpresos com as acusações que envolvem Demóstenes, também querem explicações do parlamentar. "É uma situação difícil para nós. A nossa responsabilidade nos manda cobrar, mesmo com o sentimento que vossa Excelência diz, de tristeza", afirmou Suplicy, em aparte ao discurso de Ana Amélia.

A senadora do PP elogiou a postura do Democratas de exigir explicações de Demóstenes ainda nesta segunda, sob pena de ser alvo de um processo de expulsão da legenda. Para ela, a Casa deveria fazer o mesmo. "É uma frustração grande demais, que acaba constrangendo o Senado como um todo", afirmou.
O Estadão

QUEDA DE AVIÃO MATA PELO MENOS 32 PESSOAS NA RÚSSIA

Equipes de resgate trabalham após queda bimotor na Sibéria - Reuters
Moscou, 2 - Um bimotor ATR-72 com 43 pessoas a bordo caiu na Sibéria matando pelo menos 32 pessoas, informou nesta segunda-feira o Ministério para Situações de Emergência da Rússia.

A aeronave, um turboélice bimotor de fabricação franco-italiana era operado pela UTair e decolou do aeroporto de Roschino, perto de Tyumen, em direção a Surgut (também na Sibéria), caindo em um campo nevado, de acordo com o ministério.

Segundo as agências russas, o avião desapareceu dos radares pouco depois de decolar, caindo cerca de 40 quilômetros distante do aeroporto de onde partiu, às 7h50 locais de segunda-feira (22h50 de domingo no horário de Brasília).

Havia 39 passageiros e quatro tripulantes a bordo, informou um porta-voz do ministério à agência de notícias Interfax. Segundo a agência, ainda não estão claras as causas do acidente. A UTair divulgou uma lista dos ocupantes da aeronave e, segundo a Interfax, não há estrangeiros.

QUEM MANDA É A FIFA E ACABOU A CONVERSA

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, estará em Brasília no próximo 11 de abril para audiência pública da Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado, em Brasília. Será a primeira vez que ele visita o país após o mal-estar criado pela polêmica frase de que o Brasil merecia "um chute no traseiro" pelo atraso nas obras para a Copa-2014.
Quanta palhaçada! agora o Aldo Rabelo vai comer no mesmo prato que cuspiu.


QUEM MANDA É A FIFA E ACABOU A CONVERSA

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, estará em Brasília no próximo 11 de abril para audiência pública da Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado, em Brasília. Será a primeira vez que ele visita o país após o mal-estar criado pela polêmica frase de que o Brasil merecia "um chute no traseiro" pelo atraso nas obras para a Copa-2014.
Quanta palhaçada! agora o Aldo Rabelo no mesmo prato que cuspiu.

MERCADO REDUZ PREVISÕES DE INFLAÇÃO E PIB PARA 2012

Portal Terra
Após semanas de estimativa de alta, as instituições financeiras reduziram a previsão de alta do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação, para este ano, de 5,28% para 5,27%. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira no boletim Focus, pesquisa semanal feita pelo Banco Central (BC) com as instituições financeiras.

A previsão oficial de inflação para 2012 caiu de 4,5% para 4,4% neste ano, 0,1 ponto percentual abaixo do centro da meta estabelecida pelo governo. Para o ano que vem, a estimativa continua em 5,5%.

A previsão do governo para 2013 é um IPCA de 5,2%.Os bancos acreditam, ainda, que a economia brasileira vai crescer menos este ano. A previsão de alta do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, a soma de todas as riquezas produzidas pelo País, caiu pela segunda vez seguida e passou de 3,23% no último relatório para 3,2% no boletim mais recente.

A produção industrial também deve ser menor que o previsto na última semana, e deve crescer 2% em 2012, contra a última previsão de 2,03%.

IED

Os bancos acreditam num aumento da entrada de Investimento Estrangeiro Direto (IED) no País em 2012, que passou de US$ 55 bilhões para US$ 55,37 bilhões. O IED é o principal responsável por compensar as perdas brasileiras nas contas externas - que levam em consideração as trocas comerciais de bens, serviços e doações entre o Brasil e os outros países.